Segurança
templates/template-single-article-texto
block/article/header
Segurança Compartilhar
Mulher

Delegacia de atendimento à mulher de Florianópolis completa 35 anos de criação

Na época, Florianópolis foi a segunda cidade do Brasil a contar com uma Delegacia da Mulher, precedida apenas por São Paulo.

block/article/social-network
block/article/content__sidebar
Delegacia de atendimento à mulher de Florianópolis completa 35 anos de criação
Foto: PC, Divulgação

Neste domingo, 27 de setembro, a Delegacia de Atendimento à Mulher de Florianópolis completa 35 anos de criação. A unidade policial foi instituída em 1985 (Portaria 915/GAB/SSP/85). Na época, Florianópolis foi a segunda cidade do Brasil a contar com uma Delegacia da Mulher, precedida apenas por São Paulo. A especialidade foi impulsionada pelo fortalecimento de movimentos feministas, articulação e mobilização de mulheres nas décadas de 1970 e 1980.

A delegacia era conhecida como base Pantera e inicialmente composta apenas por policiais mulheres – a atual Delegada Geral-Adjunta da Polícia Civil, Ester Fernanda Coelho, fazia parte do time, que também atendia crianças e adolescentes vítimas de crimes.

Hoje, um dos projetos em vista da Polícia Civil é a separação da Delegacia da Mulher, localizada no bairro da Agronômica, do atendimento aos adolescentes em conflito com a lei, a fim de cada vez mais especializar o serviço prestado pela instituição nessa área.

Algumas reformulações estão sendo implantadas ainda na atual estrutura como a criação de uma sala para atendimento às vítimas de violência sexual em espaço diferenciado, longe do balcão de atendimento ao público em geral e uma sala de medidas protetivas. Esta ação foi executada com recursos de um espetáculo realizado no teatro do CIC, por um movimento voluntário chamado “Mulheres em Movimento”.

A estruturação física das unidades com os equipamentos e recursos humanos é um dos objetivos para proporcionar uma efetiva implementação das diretrizes da Política Nacional de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres, a fim de que a Delegacia da Mulher se torne um espaço de acolhimento e proteção.

Entre no grupo do SCC10 e receba as principais notícias da sua região pelo WhatsApp

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp

block/article/tags
block/article/query-columnist
publicidade
publicidade
block/article/social-network
block/general/block-plus-news

Veja mais