Segurança Compartilhar
R$ 100 mil de multa

Asilo que colocou idosos em risco é interditado e multado na Capital

Local terá que se readequar, caso queira voltar a receber os idosos.

Por

• Atualizado

Foto: Pixabay
Foto: Pixabay

Uma instituição de longa permanência para idosos foi interditada e multada pela Vigilância Sanitária de Florianópolis (VISA). O asilo, localizado na região continental, recebeu notificações do órgão, mas não se regularizou, resultando em uma multa de R$ 100 mil e a interdição por tempo indeterminado.

O gerente da VISA Thiago Apolinário destaca que na última fiscalização, feita em conjunto com o Ministério Público de Santa Catarina, foi constatado até falta de alimentos nas geladeiras.

O asilo recebeu um prazo de 10 dias para realocar os idosos com as famílias ou em outras instituições. Para voltar a receber os idosos, o local terá que estar adequado, conforme as normas da vigilância.

Thiago explica que já haviam sido encontradas irregularidades no local anteriormente e que o asilo já recebeu notificações do órgão. “Foi um total de cinco autos de infração lavrados, a partir do segundo semestre do ano passado”, detalha o gerente.

O estabelecimento estaria descumprindo as resoluções da Anvisa que tratam sobre os requisitos mínimos para o funcionamento de asilos.

“Com graves problemas de estrutura física, que colocavam em risco a saúde e segurança dos idosos”, destaca Thiago.

Entre os problemas encontrado estão de responsabilidade técnica perante ao órgão, estrutura precária de móveis e de instalações.

“Para ter ideia, em várias vistorias, os banheiros não tinha nem assentos”, comenta o gerente. O local também estava iniciando reforma de ampliação, sem a autorização da vigilância. “Todos os asilos do município são vistoriados pelo menos uma vez ao ano”, ressalta o gerente da VISA.

O MPSC emitiu uma recomendação reforçando a atuação da VISA, para que os idosos sejam realojados.

>> Para mais notícias, siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

publicidade
publicidade

Veja mais