Saúde Compartilhar
Tristeza

Mortes de crianças moradoras do mesmo condomínio são investigadas em SC

Outras duas crianças que moram no local precisaram ser hospitalizadas

Por

• Atualizado

Foto: Reprodução | Google Maps
Foto: Reprodução | Google Maps

A Secretaria de Saúde de Criciúma investiga as mortes de duas crianças que moravam no mesmo condomínio, localizado no bairro São Sebastião, em Criciúma, no Sul do Estado. Uma das crianças, um menino, faleceu no sábado (25) e uma menina no domingo (27).

As mortes foram comunicadas para o setor de Agravos ainda no dia 27 de junho. Além dos dois óbitos, outras duas crianças residentes no condomínio foram hospitalizadas após apresentarem os mesmos sintomas: Febre, vômito e diarreia. O quadro de saúde delas é estável.

Análises e exames estão sendo realizados para identificar o elemento causador das mortes. Conforme os testes, já foram descartadas as suspeitas de infecção por Meningite Bacteriana e Meningococcemia, além de outras infecções. Está sendo investigada a possibilidade de contaminação da água.

De acordo com a Secretaria de Saúde, a Vigilância Epidemiológica, por intermédio do setor de Agravos de Notificação Compulsória, desenvolve ações seguindo o protocolo da DIVE (Divisão de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde do Estado de Santa Catarina). Equipes da Vigilância Epidemiológica, Vigilância Sanitária, Centro de Controle de Zoonoses e Defesa Civil do Município, estiveram no local coletando informações e amostras e monitorando o espaço.

“O Governo do Município segue monitorando a situação, aguardando o resultado dos exames e acompanhando a situação do condomínio residencial”, informou por meio de nota a Secretaria.

Veja a reportagem

>>> PARA MAIS NOTÍCIAS, SIGA O SCC10 NO TWITTERINSTAGRAM E FACEBOOK

publicidade
publicidade

Veja mais