Eleições 2020
templates/template-single-article-texto
block/article/header
Eleições 2020 Compartilhar
Pleito municipal

Dez candidatos disputam Prefeitura de Florianópolis nas Eleições 2020

Município enfrenta desafios como problemas de mobilidade urbana, saneamento básico e ocupação desordenada da cidade

block/article/social-network
block/article/content__sidebar
Dez candidatos disputam Prefeitura de Florianópolis nas Eleições 2020
Foto: Prefeitura de Florianópolis, divulgação

A capital de Santa Catarina terá dez candidatos disputando o cargo de chefe do executivo municipal nas Eleições 2020, que ocorre em 15 de novembro. Confira quais os nomes – em ordem alfabética – que concorrem ao pleito em Florianópolis, município que enfrenta desafios como problemas de mobilidade urbana, saneamento básico e ocupação desordenada da cidade.

Alexander Brasil (PRTB) e Letícia Mattos (PRTB)
Alexander Brasil é advogado, natural de Campo Grande, Mato Grosso do Sul e tem 44 anos. Ele se identifica como apoiador das pautas defendidas pelo presidente Jair Bolsonaro e nunca foi candidato a cargos políticos. Alex Brasil é líder do movimento “Vem pra Direita Floripa”. Letícia Mattos, candidata à vice-prefeitura é formada em odontologia e natural de Coronel Bicaco, no Rio Grande do Sul e também nunca foi candidata a cargos eletivos.

Ângela Amin (PP) e João Batista Nunes (PSDB)
Ângela Amin tem 66 anos e está atualmente em seu quarto mandato como deputada federal por Santa Catarina – o terceiro em sequência. Ela foi prefeita de Florianópolis por dois mandatos, entre 1997 e 2005, e antes disso ocupou também o cargo de vereadora na Capital. Em 2016, ngela chegou ao segundo turno das eleições municipais e perdeu por uma diferença de 1153 votos. O vice, João Batista Nunes, é atualmente vice-prefeito da Capital, após ter sido eleito ao lado de Gean Loureiro, que será agora adversário da chapa na eleição.

Gabriela Santetti (PSTU) e Diogo Leal (PSTU)
Gabriela Santetti é mestre em educação pela Universidade Federal de Santa Catarina e atua como professora de história. Nas últimas eleições de 2016 e 2018, Gabriela foi candidata à prefeitura e disputou o pleito para deputada federal pelo PSTU. Diogo Leal tem 36 anos, é natural de Porto Alegre (RS) e trabalha como agente de saúde e sanitarista em Florianópolis. O PSTU decidiu não se coligar com outros partidos e irá disputar as Eleições deste ano com chapa pura.

Gean Loureiro (DEM) e Topázio Neto (Republicanos)
Atual prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro disputa a reeleição para o cargo. Eleito em 2016 após vencer o segundo turno com 50,26% dos votos válidos, ele já esteve como vereador da Capital, cargo que ocupou entre 1993 e 2013. Loureiro é formado em Direito e em Administração. O vice, Topázio Neto, é natural de Florianópolis e atua como empresário no ramo da tecnologia.

Helio Bairros (Patriota) e Edgar Lopes (Patriota)
Empresário e formado em Direito, Helio Bairros foi presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil da Grande Florianópolis (Sinduscon) por 14 anos. Ele atuou por 10 anos como procurador do município, e nas eleições de 2020 irá concorrer a um cargo público pela primeira vez. O candidato a vice-prefeito é o agente aposentado da Polícia Federal, Edgar Lopes, de 52 anos. Formado em direito, Edgar é natural do Rio de Janeiro.

Jair Fernandes (PCO) e Ivan Rubens Dário (PCO)
Jair Fernandes de Aguiar Ramos tem 34 anos, é natural de Mato Grosso e atua como técnico em edificações e carpinteiro autônomo. Filiado ao PCO, ele concorre pela primeira vez a um cargo eletivo. Ivan Rubens Dário, candidato a vice-prefeito, é aposentado, natural de Rio Claro (SP) e tem 71 anos.

Orlando Silva (Novo) e Dr. Barboza (Novo)
Orlando da Silva Neto tem 47 anos e disputará uma eleição pela primeira vez. Ele é advogado e professor de Direito Empresarial na Universidade Federal de Santa Catarina. Orlando também foi conselheiro da OAB-SC e presidente da Associação Brasileira de Direito e Economia. O candidato a vice-prefeito, Luiz Barboza Neto, tem 68 anos, é médico oftalmologista e fundador e atual presidente do Hospital da Visão de Santa Catarina. Em 2018 ele foi candidato a deputado federal pelo Novo.

Pedrão (PL) e Eduardo Usuy (PL)
Atualmente em seu segundo mandato como vereador por Florianópolis, Pedro de Assis Silvestre atingiu na eleição de 2016 a marca de vereador mais votado da história de Santa Catarina, com 11,1 mil votos. Pedrão tem 33 anos, é natural de Florianópolis e formado em Administração Pública. Ele vai concorrer ao cargo Executivo pela primeira vez. O candidato a vice-prefeito, Eduardo Usuy, é empresário e engenheiro. Ele tem 67 anos e é natural do Paraná.

Professor Elson (Psol) e Lino Peres (PT)
Quarto colocado nas eleições para a prefeitura de Florianópolis em 2012 e terceiro em 2016, Elson Pereira disputará o pleito de 2020 com uma união de partidos. A chamada “Frente Popular” deve unir PSOL, PDT, PT, PCdoB, PSB, REDE, UP, PCLCP e UCB. Formado em engenharia civil e com pós-doutorado em em urbanismo, Elson Pereira é professor do curso de graduação e do programa de pós-graduação em geografia da Universidade Federal de Santa Catarina. O candidato a vice-prefeito, Lino Peres, tem 68 anos e é vereador em Florianópolis.

Dr. Ricardo (Solidariedade) e Guaraci Fagundes (PV)
Ricardo Camargo Vieira é médico de família, com atuação nas redes pública e privada. Mestre em Saúde Pública, ele também foi professor universitário. Vieira foi presidente da Companhia de Melhoramentos da Capital (Comcap) e diretor do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Florianópolis (Sintrasem). Eleito duas vezes, foi vereador em Florianópolis entre 2008 e 2016.

Entre no grupo do SCC10 e receba as principais notícias da sua região pelo WhatsApp

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp

block/article/tags
block/article/query-columnist
publicidade
publicidade
block/article/social-network
block/general/block-plus-news

Veja mais