Sábado, 17 de abril de 2021.

Cibelly Favero

[email protected]
Apresentadora do SBT Meio-dia. Há nove anos atua em frente às câmeras no Estado, levando informação aos catarinenses.
Colunistas compartilhar compartilhar

Onze escolas suspendem as aulas presencias por coronavírus

Para se ter ideia de volume, em apenas uma cidade, mais de 100 alunos e professores foram afastados desde o retorno das aulas

Data de Publicação: 03/03/2021 14:03
Foto: Cristiano Estrela / Secom

O recuo aconteceu na rede estadual depois que alunos e professores foram diagnosticados e afastados por coronavírus

Além das 11 escolas que precisaram interromper as aulas, outras 29 suspenderam de maneira parcial o ensino presencial.

Esses dados são da Secretaria de Educação do Estado e foram apurados no levantamento das 1.063 da rede estadual de ensino. Apesar de solicitado, o número de alunos e professores afastados não foi divulgado.

Mas pra se ter ideia de volume, em apenas uma cidade, Blumenau, mais de 100 alunos e professores foram afastados desde o retorno dos alunos.

Florianópolis preferiu rever e adiar a volta das aulas que era prevista para o dia 10 de março.

Diante da gravidade da Covid-19 que enfrentamos no estado, a partir de agora, outras unidades devem começar a fazer o mesmo movimento de retorno ao estudo remoto.

Com a sobrecarga na saúde e o pior cenário da pandemia seria hora de colocar crianças e adolescentes em convívio na sala de aula?

É claro que os prejuízos para a educação são imensuráveis. Mas vale o risco?
Sabendo que não há leitos de UTI disponíveis e que as vacinas são aplicadas em ritmo lento?

O fato é que muitos pais se obrigam a manter os filhos na sala de aula por falta de opção. Tendo que trabalhar ou procurar emprego como escolher pelo ensino remoto?

Um dilema que pesa muito para os dois lados. E que deve se manter, até que a situação exija a suspensão total das aulas ou que o cenário melhore rapidamente.

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Santa Catarina vem se manifestando sobre a vacinação para os professores como critério para o manutenção das aulas.

É que os educadores não estão na lista dos que devem ser vacinados neste primeiro momento. (Ao final do texto você pode conferir a fala do Sinte).

Por enquanto, a rede particular, estadual e parte das escolas municipais mantém aulas presenciais.

Diante dos dilemas, um fato: os prejuízos para a educação destes alunos, mesmo que em aulas presenciais ou remotas não se recuperam tão cedo.

Afinal, nada é gentil na pandemia.

Mas antes da educação… a saúde.


>> Para receber as informações mais importantes do dia pelo WhatsApp, gratuitamente, basta clicar AQUI!

>> PARA MAIS NOTÍCIAS, SIGA O SCC10 NO TWITTERINSTAGRAM E FACEBOOK

Continua depois da publicidade

Continua depois da publicidade

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desse site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Se inscrever
Notificação de
guest
0 Comentários
Resposta em linha
Ver todos os comentários
Veja Também
publicidade
Botão Topo Botão Topo
fale conosco
siga-nos
© Copyright 2020 SCC - Sistema Catarinense de Comunicações.