Quinta-feira, 06 de maio de 2021.

Larissa Maldaner

[email protected]
Referência em beleza, está sempre atualizada com os melhores cursos de maquiagem e penteado do país.
Colunistas compartilhar compartilhar

Melasma: mitos e verdades desse vilão da pele saudável

Melasma são manchas acastanhadas, irregulares e bem definidas, principalmente na face, mas pode ocorrer em outras áreas como braços e colo.

Data de Publicação: 16/04/2021 14:07
e atualizado em: 16/04/2021 14:08
Melasma. Foto: Pixabay

Acabamos de dar até logo ao verão com seus dias quentes e ensolarados, mas nem sempre ficam apenas as lembranças destes dias tão gostosos. Algumas vezes eles deixam marcas indesejadas na nossa cútis, mas não se desespere existe tratamento!

Já estamos no período das estações mais frias do ano, a melhor época para investir em tratamentos para melhorar a qualidade da pele, principalmente, das tão temidas manchinhas.

Mas não se deixe enganar, embora pareça simples, estas manchinhas são bem mais complexas e o diagnóstico correto é fundamental para o sucesso do tratamento.


  • PARA RECEBER AS INFORMAÇÕES MAIS IMPORTANTES DO DIA PELO WHATSAPP, GRATUITAMENTE, BASTA CLICAR AQUI!

Podem estar em camadas superficiais ou profundas da pele, podem ser associadas com aumento dos vasos locais, e muitas outras particularidades que são observadas pele medico dermatologista durante seu exame.

Então vamos tirar suas duvidas e iniciar os cuidados necessários.

Conversei com a Dermatologista Dra Paula Barroco, para falar com propriedade sobre os casos e esclarecer algumas questões.

Confira:

O que é o melasma?

São manchas acastanhadas, irregulares e bem definidas, principalmente na face, mas pode ocorrer em outras áreas como braços e colo. É mais comum nas mulheres, embora também ocorra nos homens. Sua causa não é conhecida mas sabemos que ocorre em pessoas com predisposição genética, e é desencadeado bem como piorado por diversos fatores.

O melasma não tem cura?

Quando diagnosticado e tratado corretamente (esforços conjuntos do médico dermatologista e do paciente) conseguimos uma importante melhora na maioria dos casos.

Quais são os fatores de piora?

-radiação solar (raios UVA e UVB)
-luz visível (sol, lâmpadas artificiais)
-fontes de calor (“mormaço”, forno, fogão)
-tratamentos hormonais (como o anticoncepcional hormonal)
-gestação
-irritação local

Como é o tratamento do melasma?

O tratamento sempre envolverá conhecimento e capacitação do medico dermatologista e comprometimento do(a) paciente.

Como é uma condição crônica os cuidados deverão ser mantidos o ano todo mudando de acordo com a estação.
Devemos conhecer os fatores de piora e evita-los, manter rotina de cuidados adequada e supervisionada o ano todo e quando necessário lançar mão das tecnologias existentes.

Cada um destes passos:

Radiação solar: A radiação solar UVA conseguimos atenuar com uso de protetores solar e devemos sempre atentar para o PPD valor descrito no produto que se refere a proteção para esta radiação importante se seja maior ou igual à um terço do FPS. Este por sua vez se refere a proteção contra a radiação UVB e deve ser no mínimo 30 (particularmente prefiro 50 ou maior nos casos de melasma). Além destes cuidados precisamos reaplicar, estivermos ao ar livre também reaplicar a cada 2h e caso de atividades cotidianas em locais fechados duas vezes por dia. Também precisamos reaplicar sempre que suar, esfregar a região ou que ele for retirado por qualquer motivo.

Uma dica, prefira protetores mais resistentes a agua e suor para atividades ao ar livre. Abuse da proteção física com uso de chapéus, óculos, roupas de proteção uv, etc. O excesso de sol mesmo em outras áreas do corpo também pode levar a uma piora das manchas.

Luz visível: O que confere proteção à luz visível é a opacidade do protetor solar, ou seja, ele “esconder” a mancha. O oxido de ferro, por exemplo, é um componente reconhecido para esta função e está presente em maquiagens e fotoprotetores com cor.

Para um protetor sem cor conferir proteção contra luz visível ele deve ser aplicado em uma camada mais espessa para que cubra a mancha e acabaria deixando o rosto “branco”.

Uma opção é aplicar o protetor sem cor e após aplicar maquiagem ou um fotoprotetor com cor. Podendo, após estes passos, aplicar o restante da maquiagem como de costume caso você use. Uma dica legal para quem usa maquiagem são os fotoprotetorres compactos ou em pó com FPS 30 ou maior que são ótimos aliados na hora de reaplicar esta proteção solar ao longo do dia.

Aqui também devemos abusar dos itens de proteção física como chapéus e óculos.

Fontes de calor: evitar contato próximo.

Tratamentos hormonais: Sempre que possível preferir métodos anti-concepcionais não hormonais (como o DIU não medicado por exemplo).

Gestação: existem tratamentos que podem ser realizados durante a gestação então não deixe para depois previna acompanhando com dermatologista também neste período. 

Irritação local: Isto pode ocorrer por tratamentos estéticos inadequados, sejam eles não bem indicados ou não bem realizados.  

Mesmo o uso de produtos tópicos caso não seja adequados ou bem acompanhado podem levar à uma irritação exacerbada com consequente piora das lesões. Excesso de atrito local como esfoliação excessiva, uso de esponjas ou escovas, depilação, entre outros.

Rotina de cuidados 

Mesmo com todos estes cuidados que falamos até agora precisamos também da prescrição de uma rotina de cuidados para casa adequados e personalizados para seu tipo de pele e características de suas manchas e para isso precisamos de uma avaliação individual.

Mas podemos citar alguns aliados nesta luta como a vitamina C sozinha ou em associações, ela ajuda no clareamento da pele assim como potencializa a proteção da pele por usa ação antioxidante e clareadora. É uma ótima aliada para vários tipos de pele.

Agentes clareadores combinados ou não como acido retinóico, acido glicólico, acido azelaico, entre muitos outros. Cada um com suas particularidades e indicações. Existem também tratamentos orais que podemos usar para potencializar o tratamento tópico. Devemos também prescrever após a avaliação individual para possibilidade e necessidades destes medicamentos.
 
Mesmo com tudo que conversamos acima, em muitos casos precisamos recorrer aos tratamentos estéticos para complementar os demais cuidados para conseguirmos a melhora estética das manchas.

Existem alguns lasers indicados para melasma, como o lavieen conhecido como “BB laser” por reproduzir os efeitos e benefícios do BB Cream sem a necessidade de retoque por muitos meses. Além do clareamento das manchas promove uma melhora nos poros, rugas finas, rejuvenescimento e melhora da textura da pele.

Outro tratamento indicado e que gosto muito é o MMP (micro infusão de medicamentos na pele) consiste em um equipamento que fez micropunturas na pele e infunde medicação com ação clareadora e rejuvenescedora levando a uma renovação desta pele com clareamento das manchas, melhora dos poros, rugas finas, promove rejuvenescimento e melhora da textura da pele.
 
Peelings químicos que podem ser realizados sozinhos ou associados a outros tratamentos.
 
Intradermoterapia onde algumas medicações são injetadas com agulhas pequenas e finas na região das manchas, em alguns casos até uso de toxina botulínica.

Quanto tempo dura o tratamento do melasma?

Por se tratar de uma condição sem cura o tratamento é continuo, mesmo que as manchas não sejam mais visíveis com o tratamento, elas tendem a retornar caso sejam suspensos os cuidados com a pele.

O tempo de tratamento, a escolha dos tratamentos, o número de sessões, assim como a respostas aos mesmos é individual e não pode ser comparada entre pessoas diferentes pois dependem de muitas variáveis.

A melhor notícia é que todos estes cuidados promovem uma melhora não só na qualidade e aparência da pele, mas proporcionam também ação anti-aging e preventiva diminuindo a ação danos solares e do envelhecimento intrínseco (natural).

Portanto, ganhamos duas vezes melhorando a aparência da pele e diminuindo os danos do sol e do tempo sobre nossa cútis.

Cuide-se!


>> PARA MAIS NOTÍCIAS, SIGA O SCC10 NO TWITTERINSTAGRAM E FACEBOOK.

Continua depois da publicidade

Continua depois da publicidade

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desse site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Se inscrever
Notificação de
guest
0 Comentários
Resposta em linha
Ver todos os comentários
Botão Topo Botão Topo
fale conosco
siga-nos
© Copyright 2020 SCC - Sistema Catarinense de Comunicações.