Quinta-feira, 06 de maio de 2021.

Dianele Bortoli

[email protected]
Designer de Moda, especialista em Consultoria de Imagem e Estilo e cofundadora do projeto Duas Catarinas.
Colunistas compartilhar compartilhar

Dicas para construir um guarda-roupa inteligente

Um guarda-roupa inteligente é pensado, consiste em peças interligadas, que juntas combinam entre si e que correspondem com seu dia a dia e seu estilo.

Data de Publicação: 04/12/2020 14:19
Foto: Reprodução Pinterest

Quantas vezes você olhou para seu armário cheio de roupas e aquela famosa frase veio a sua mente “eu não tenho nada para usar”? O fato não é esse, não ter roupas, e sim, como você está comprando suas peças. 

Um armário cheio de peças avulsas, compradas por impulso ou simplesmente porque você achou linda, irá resultar em um acúmulo de peças sem combinações, com etiquetas e sem uso.

Um guarda-roupa inteligente é pensado, consiste em peças interligadas, que juntas combinam entre si. Dessa forma, permitindo criar uma infinidade de looks, que correspondem com seu dia a dia e seu estilo.

E como montar um armário assim? Primeiramente se conhecendo, entendendo as necessidades do seu dia a dia, se tens filhos, se sua vida é corrida… enfim cada detalhe é importante. Um exemplo: se você passa maior parte do seu tempo de um lado para o outro, necessita de roupas confortáveis. Já se você passa mais tempo sentada, um salto é bem-vindo. A palavra chave é: EQUILÍBRIO.

Sonhado guarda-roupa:

Para termos o tão sonhado guarda-roupa três itens são fundamentais: peças-chave, básicas e statement (peças diferentonas, mais ousadas).

As peças chaves são a base do seu armário, versáteis e se adequam ao seu estilo de vida, como: calças, saias, blusas, sapatos, bolsas e casacos. Elas não são ousadas como as statement e nem tão simples como as básicas e sim, peças mais cool com um toque refinado. Tenha sempre o cuidado na hora da compra, prefira as peças com qualidade, pois são as peças mais usadas e precisam ter durabilidade.

As peças básicas como: calças, saias, jeans, t-shirt, blusas e sapatos simples são coringa na hora de equilibrar uma composição visual mais ousada. Aqui temos o cuidado em escolher cores neutras, modelagens simples mas com diferencial e poucos detalhes. Lembrando que: elas devem seguir seu estilo e “simples” não quer dizer “sem graça”. Exemplo: uma camiseta branca, ela pode ser de gola V, canoa ou careca, ser reta ou soltinha, de algodão ou linho… esses detalhes fazem o básico, ser o básico chique.

A palavra Statement é um termo muito usado na moda para peças que chamam atenção, aquelas que contem informação de moda e são diferentonas, seja pela cor, textura, formato, modelagem, estampa, acessório, bordado, uma fivela… e por aí vai.

As pessoas mais criativas amam, mas se engana quem acha que precisa estar com o look bem excêntrico. Combine com peças básicas, por exemplo: um jeans com t-shirt pode ganhar outra cara com um maxi brinco, um colar chamativo, uma super bolsa ou sapato. Sendo assim, todo mundo pode usar e abusar de uma peça statement no look. 

Só́ tenha cuidado, menos é mais SEMPRE! Os itens statement são a minoria no seu armário. Uma dica é: faça com que a peça statement agregue valor ao seu look, não que ele brilhe mais que você̂. Esse é o segredo!

Pronto, seu guarda-roupa inteligente deu forma, e como uma regra geral, cada um desses três itens devem funcionar com pelo menos três dos outros.

Continua depois da publicidade

Continua depois da publicidade

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desse site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Se inscrever
Notificação de
guest
0 Comentários
Resposta em linha
Ver todos os comentários
Veja Também
publicidade
Botão Topo Botão Topo
fale conosco
siga-nos
© Copyright 2020 SCC - Sistema Catarinense de Comunicações.