Sábado, 17 de abril de 2021.

Maria Ester

[email protected]
Jornalista, apresentadora do SBT Meio-dia e especialista em Gestão de Comunicação.
Colunistas compartilhar compartilhar

Coletivo Nega: conheça o primeiro grupo de teatro negro de Santa Catarina

O objetivo sempre foi buscar suprir a falta de representatividade para a população negra no campo do teatro.

Data de Publicação: 02/03/2021 21:19
e atualizado em: 02/03/2021 22:48
Foto: Divulgação

O NEGA (Negras Experimentações Grupo de Arte), é o primeiro grupo de teatro negro de Santa Catarina. Surgiu há 10 anos com um projeto de extensão criado pela professora Dra. Fátima Costa de Lima, na Universidade do Estado de Santa Catarina. O objetivo sempre foi buscar suprir a falta de representatividade para a população negra no campo do teatro. A inspiração? O TEN (Teatro Experimental do Negro) fundado por Abdias Nascimento há 68 anos, no Rio de Janeiro. Além dos artistas negros, outro ponto sempre foi valorizar as produções teatrais de pessoas LGBTQI+, com destaque para as mulheres negras. A ideia lá atrás deu tão certo que hoje o coletivo NEGA segue trabalhando independente da universidade, mas sempre fazendo parcerias e trocas com a UDESC. E não é à toa que o grupo coleciona prêmios e parcerias com projetos dentro e fora do Brasil.

Um dos destaques do grupo surgiu da criação e modificações da performance criada há 5 anos denominada Preta-à-Porter, trabalho de repertório do grupo que parte de histórias e de e conflitos enfrentados na vida cotidiana da população negra. São relatos trazidos da vida pessoal de cada artista que participa ou já participou do coletivo, misturando, dança, canto, percussão, projeção e rap. A performance é modificada de acordo com a formação do elenco. Mais de 20 atores já passaram pelo espetáculo. Atualmente o Preta-à-porter está fora de circulação, mas o coletivo vem trabalhando em uma nova obra, desta vez com foco na música, intitulado “Canto pra quem é de noite” com estreia prevista ainda para 2021.

Para incentivar, registrar e contribuir para a história das artes cênicas aqui no estado, na próxima sexta-feira, 5 de março, acontece a primeira roda de conversa criativa, do projeto “Colaborações SCênicas: Rede de intercâmbio colaborativo entre coletivos cênicos de Santa Catarina”. Será uma série de debates reflexivos sobre as trajetórias artísticas, processos criativos e a manutenção dos coletivos teatrais. Grupos de várias regiões vão participar: além da Coletiva Nega, de Florianópolis, tem o Karma Coletivo de Artes Cênicas de Itajaí, o Grupo Teatral Reminiscências de Joaçaba e o Coletivo Vai!, de Joinville, que está organizando o evento. Estão todos convidados, é só chegar!

Programação Debates Cênicos 

5 de março (sexta-feira – aberto ao público) – 6 e 7 de março (sábado e domingo – somente grupos) – Coletivo Nega de Florianópolis 

26 de março (sexta-feira – aberto ao público) – 27 e 28 de março (sábado e domingo- somente grupos) – Karma Coletivo de Itajaí 

9 de abril (sexta-feira- aberto ao público) e 10 e 11 de abril (sábado e domingo – somente grupos) Grupo Teatral Reminiscências de Joaçaba 

Confere o convite oficial:

Continua depois da publicidade

Continua depois da publicidade

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desse site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Se inscrever
Notificação de
guest
1 Comentário
O mais novo
Mais velho Mais votado
Resposta em linha
Ver todos os comentários
Veja Também
publicidade
Botão Topo Botão Topo
fale conosco
siga-nos
© Copyright 2020 SCC - Sistema Catarinense de Comunicações.