Quinta-feira, 06 de maio de 2021.

Dianele Bortoli

[email protected]
Designer de Moda, especialista em Consultoria de Imagem e Estilo e cofundadora do projeto Duas Catarinas.
Colunistas compartilhar compartilhar

Brasil Eco Fashion Week: moda + sustentabilidade = máscaras ecofriendly

Quatro marcas apresentaram máscaras produzidas com materiais que prezam pelo nosso bem-estar e pelo meio ambiente.

Data de Publicação: 04/01/2021 10:21
e atualizado em: 04/01/2021 10:24
Foto: Divulgação

Brasil Eco Fashion Week é o maior encontro de moda e sustentabilidade da América Latina, que tem como objetivo conectar pessoas com o propósito de utilizar a moda como uma rede positiva e ferramenta de transformação.

Aconteceu nos dias 26, 27 e 28 de novembro a 4ª edição cujo o tema era “Conectar para Regenerar: Moda e Planeta“ trazendo uma reflexão sobre como nossas escolhas diárias, em termos de consumo, impactam diretamente na saúde do planeta. Foram três dias, seis marcas cada dia, são elas: Nuz Demi Couture, Nalimo, Ronaldo Silvestre, Ta Studio, Natural Cotton Color, Eneas Neto, Rico Bracco,  Justa Trama, We’e’enaTikuna Arte Indígena, Movin, Comas, Manuí Brasil, Libertees, Leandro castro, Vihe, Catarina Mina, JouerCouture e Flavia Amadeu + Comas.

Destas 18 marcas que trouxeram peças e acessórios incríveis, quatro delas, NUZ Demi Couture, Movin, Manuí Brasil e Flavia Amadeu + Comas, mostraram a sua preocupação com o momento em que estamos vivendo e apresentaram máscaras ecofriendly, produzidas com matérias que prezam pelo nosso bem-estar e pelo meio ambiente.

NUZ Demi Couture

A NUZ Demi Couture produziu máscaras ÊPA, feitas de materiais hipoalérgicos, laváveis, impermeáveis e com perfeita vedação para o rosto. Possuem sistemas de filtros de dupla camada, uma de TNT SMS hidro repelente, e outra de TNT de celulose e polipropileno. Há também uma pinça nasal ajustável sobre o nariz, evitando a saída da respiração para cima dos olhos.Custumizada por Duda Cambeses, estilista da NUZ. Realizada em conjunto com designers e profissionais na área da saúde.

Foto: Divulgação

MOVIN

A MOVIN produziu máscaras feitas com o biotecido Texticel, feito de celulose fermentada por micro-organismos, forro interno em algodão 100%, e respiradores impressos em 3D PLA, que é biodegradável. A peça foi feita em colaboração com a Silvério Brand e a Biotecam.

Foto: Divulgação

Manuí Brasil

Manuí Brasil produziu máscaras em duas modelagens: retangulares e anatômicas, ambas em tecido de linho e com tingimento natural. As com modelagem confortável, foram estampadas e tingidas manualmente, assim sendo uma peça exclusiva.

Foto Divulgação

Flávia Amadeu + Comas

Flávia Amadeu + Comas juntos produziram lindas máscaras feitas de byeplastic, um material composto de plástico reciclado de embalagens, sacolas plásticas e aparas em geral (polietileno de baixa e alta densidade). A matéria-prima é advinda de cooperativas e de pós-uso industrial.

Foto: Divulgação

Continua depois da publicidade

Continua depois da publicidade

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desse site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Se inscrever
Notificação de
guest
0 Comentários
Resposta em linha
Ver todos os comentários
Veja Também
publicidade
Botão Topo Botão Topo
fale conosco
siga-nos
© Copyright 2020 SCC - Sistema Catarinense de Comunicações.