Negócios
templates/template-single-article-texto
block/article/header
Negócios Compartilhar

Bolsas da Europa fecham em queda, com sinais de Fed e BCE no radar

As praças europeias registraram pregão negativo nesta quinta-feira, 20. A postura do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), na divulgação da ata na tarde da quarta-feira, já impôs tom de cautela nos negócios no início do dia, mantido após a publicação da ata do Banco Central Europeu (BCE). O índice pan-europeu Stoxx 600 fechou […]

block/article/social-network
block/article/content__sidebar
Bolsas da Europa fecham em queda, com sinais de Fed e BCE no radar

As praças europeias registraram pregão negativo nesta quinta-feira, 20. A postura do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), na divulgação da ata na tarde da quarta-feira, já impôs tom de cautela nos negócios no início do dia, mantido após a publicação da ata do Banco Central Europeu (BCE).

O índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em baixa de 1,07%, em 365,64 pontos.

O tom negativo ocorreu desde o início da jornada europeia, após a ata do Fed mostrar os dirigentes um tanto temerosos quanto ao quadro econômico, diante das ameaças da pandemia da covid-19. Mesmo assim, os dirigentes não parecem dispostos a adotar mais medidas de grande impacto agora, embora analistas esperem ajustes em alguns pontos da política monetária, como uma diretriz (forward guidance) mais clara para ela.

Na Europa, o BCE afirmou que desdobramentos positivos nos mercados não eram apoiados plenamente por dados. O ING comenta que o BC europeu reflete a alta incerteza e a inflação pode indicar mais estímulos monetários.

Na Bolsa de Londres, o índice FTSE 100 registrou queda de 1,61%, a 6.013,34 pontos. Antofagasta caiu 5,57%, após balanço, e Anglo American registrou queda de 3,23%.

Em Frankfurt, o índice DAX recuou 1,14%, para 12.830,00 pontos. Entre os bancos alemães, Deutsche Bank teve baixa de 3,04% e Commerzbank, de 3,66%.

Na Bolsa de Paris, o índice CAC 40 caiu 1,33%, a 4.911,24 pontos. O papel do Crédit Agricole teve baixa de 2,71% e, no setor de energia, Total recuou 1,69%.

O índice FTSE MIB, da Bolsa de Milão, fechou em baixa de 1,44%, a 19.766,96 pontos. Entre os papéis mais negociados, Intesa Sanpaolo cedeu 1,56% e Telecom Italia, 1,47%.

Em Madri, o índice IBEX 35 registrou queda de 1,42%, a 6.993,30 pontos, com Santander em baixa de 4,16%. Na Bolsa de Lisboa, o índice PSI 20 recuou 1,12%, a 4.358,47 pontos.

Entre no grupo do SCC10 e receba as principais notícias da sua região pelo WhatsApp

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp

block/article/tags
block/article/query-columnist
publicidade
publicidade
block/article/social-network
block/general/block-plus-news

Veja mais