Negócios
templates/template-single-article-texto
block/single-columnist/block-header

Ana Paula Dahlke

Jornalista e editora-chefe do Economia SC.

[email protected]
block/article/header
Negócios Compartilhar
Ana Paula Dahlke

Startup cria solução que gerencia dados e ajuda compradores de combustível no mercado

A Combufy, de Blumenau, decidiu pivotar o negócio no ano passado para ser um sistema completo de informações do mercado

block/article/social-network
block/article/content__sidebar
Startup cria solução que gerencia dados e ajuda compradores de combustível no mercado
Foto: Divulgação

Fundada em 2018 para intermediar a compra de combustível, a Combufy, de Blumenau, decidiu pivotar o negócio no ano passado para ser um sistema completo de informações do mercado, como preço, dados dos reajustes, comparação de preço com mercado internacional, entre outros, com objetivo de que os compradores possam negociar melhor o combustível que irão adquirir.

“Entre as principais funcionalidades temos a demonstração de todos os dados da compra em um painel muito simples, para que todos os envolvidos no suprimento de combustíveis possam acompanhar. Um dos nossos maiores diferenciais, é que nossos usuários não precisam preencher nem uma informação sequer, nossa plataforma faz a captura das notas fiscais de compra de forma automática e transformamos neste painel de indicadores, trazendo mais visibilidade para estas empresas, de forma 100% automática”, destaca Ramon Silva, CEO da startup.

Recentemente, a empresa foi escolhida para participar do Programa de Incubação do Instituto Gene, que utiliza a metodologia do MIDITEC, considerada um dos 5 melhores do mundo no ranking da UBI Global. 

“Sempre consideramos importante o aprendizado e a vontade de evoluir, isto é um dos pilares da nossa cultura. Para isso, nada melhor do que poder trocar experiências com empreendedores que já trilharam o caminho o qual queremos percorrer, isto é um divisor de águas na vida de uma startup”, complementa.

O Instituto Gene está dentro do Centro de Inovação Blumenau (CIB), que acumula pouco mais de 1 ano de funcionamento e gera conexões e negócios de valor nas frentes em que atua. Ramon explica a importância de estar dentro do espaço:

“É tipo aquela frase, me diga com quem andas que direi quem tu és. Isso resume tudo, muita troca de experiências, muitas novas conexões, o CIB é muito rico em aprendizado e cultura. Observar startups que já estão grandes, bem como aquelas que ainda estão começando, nos permite sonhar, mas também nos mostra que temos um caminho a trilhar. Estamos muito felizes em fazer parte”. 

Com mais de 130 clientes e meta de chegar a 150 até o fim do ano, a startup está presente em 12 estados e está desenvolvendo novos canais de venda e distribuição do produto. 

>> Para mais notícias, siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

Entre no grupo do SCC10 e receba as principais notícias da sua região pelo WhatsApp

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp

block/article/query-columnist
publicidade
publicidade
block/article/social-network
block/general/block-plus-news

Veja mais