Emprego e Carreira Compartilhar
ritmo acelerado

SC gera 51 mil empregos, segundo melhor resultado do país

A geração de empregos segue em ritmo acelerado em Santa Catarina neste começo de 2022

Por

• Atualizado

Foto: Ricardo Wolffenbüttel/SECOM
Foto: Ricardo Wolffenbüttel/SECOM

Na manhã desta terça-feira (29), o Governo Federal divulgou dados que fazem parte do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, que segundo os mesmos, nos dois primeiros meses do ano, foram abertos 51,9 mil novos postos de trabalho formais no estado, o que representa o segundo melhor resultado do país no período. Apenas em fevereiro, foram abertas 28,5 mil novas vagas em solo catarinense. A geração de empregos segue em ritmo acelerado em Santa Catarina neste começo de 2022

O governador Carlos Moisés destaca que, mesmo com a menor população entre os três estados do Sul, Santa Catarina possui um desempenho superior aos vizinhos Paraná e Rio Grande do Sul. No saldo do ano, ficou atrás apenas de São Paulo, que possui uma população quase sete vezes maior. Segundo o chefe do Executivo estadual, isso é fruto de uma economia pujante e diversificada com um setor produtivo confiante e aguerrido.

“Hoje, nós vivemos o pleno emprego em Santa Catarina. Nossa taxa de desocupação é de 4,3%, a menor do país. É um motivo de grande satisfação para um governante quando vemos o nosso estado se destacar todos os meses na geração de postos de trabalho. O Governo tem trabalhado lado a lado com o nosso setor produtivo, fornecendo segurança jurídica e parcerias a todos que querem empreender. Mesmo com todas as dificuldades a nível internacional, teremos mais um ano exitoso”, afirma o governador.

O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Luciano Buligon, ressalta que, em termos proporcionais, Santa Catarina possui o melhor resultado entre todos os estados do Sul e do Sudeste. Quando se leva em consideração o tamanho da população já empregada, o estado catarinense teve uma variação relativa de 2,29% até fevereiro. Apenas o Mato Grosso está na frente neste item, com 3%.

“Vale destacar também que Santa Catarina teve a maior geração de empregos da sua história em 2021, com quase 168 mil novas vagas. Isso com todos os percalços por conta da pandemia de Covid-19. Nós conseguimos manter as pessoas empregadas, o que lhes forneceu esperança e dignidade em um momento crítico. Vamos avançar ainda mais em 2022, voltando à normalidade e fazendo o nosso estado crescer de maneira sólida e com bem estar social”, afirma Buligon.

Na divisão por setores econômicos, o destaque de fevereiro ficou para os serviços, com mais de 16 mil novos empregos no mês. Em seguida, veio a indústria, com 7 mil novas vagas. Construção civil (3,4 mil), comércio (1,3 mil) e agricultura (465 vagas) também tiveram resultado positivo.

>> Siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook

publicidade
publicidade

Veja mais