Negócios Compartilhar
Compras

Black Friday e compras na internet: especialistas dão dicas para evitar pegadinhas

Uma pesquisa recém-divulgada aponta que as vendas online cresceram 47% no primeiro semestre deste ano, comparado ao segundo semestre do ano anterior.

• Atualizado

Agência Brasil

Por Agência Brasil

Comprar sem sair de casa é uma comodidade que vem crescendo nos últimos anos. Novas plataformas, novos recursos e novos produtos surgem a todo o momento. A compra pela internet está se tornando um hábito ainda mais popular nos últimos meses, já que o isolamento social nos mantém mais tempo dentro de casa.

Uma pesquisa recém-divulgada aponta que as vendas online cresceram 47% no primeiro semestre deste ano, comparado ao segundo semestre do ano anterior. Em faturamento, as compras pela internet saltaram de R$26,4bi para mais de R$38,8bi. Na região no Sul, o incremento nas vendas online foi de 17%.

Para atender a demanda as empresas tiveram que investir, e o otimismo para o período da black friday é grande. “De 2018 para 2019 nós dobramos o tamanho das nossas ações e para 2020 isso deve se repetir. Por isso nós preparamos produtos especiais, ofertas diferenciadas, atendimento com horário ampliado além de reforço na logística e infra estrutura”, revela Ilson Luz, empresário do ramo de cama, mesa e banho.

Com as ofertas e condições de pagamento facilitadas, o ideal é se planejar, para que a compra não se torne um pesadelo na hora de pagar a fatura do cartão de crédito. Por isso, o economista Guilherme Alano nos dá dicas para aproveitar as promoções sem comprometer as finanças:

  1. Pesquise antes de comprar
    Nem sempre os produtos em destaque na black friday estão realmente em promoção. Por isso, vale pesquisar antes deste período para se certificar que a promoção de fato vale a pena
  2. Não faça dívidas
    O período é de incerteza para todo mundo devido a pandemia. Portanto, não faça dívidas a longo prazo para evitar a inadimplência em caso de algum imprevisto na renda mensal.
  3. Controle seu orçamento pessoal
    Faça um controle de receitas e despesas para que seja possível mensurar se a compra daquele item tão desejado cabe no orçamento. Se não couber no orçamento deste ano, com o controle será possível se preparar para as promoções do ano que vem.

Além dos preços e condições de pagamento, é preciso estar atento às armadilhas, comuns neste período de grandes promoções. Segundo o Procon/SC, o número de reclamações aumenta nesta época de ano. Os casos mais comuns são: propaganda enganosa, cobrança indevida e demora na entrega. Se necessário, o consumidor deve fazer sua reclamação através do número 151 ou ainda através da plataforma www.consumidor.gov.br

Quer receber notícias no seu whatsapp?

EU QUERO

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Receba NOTÍCIAS
Posso Ajudar? ×