Guerra na Ucrânia
templates/template-single-article-texto
block/article/header
Guerra na Ucrânia Compartilhar
Revoltante

Soldados russos estupram mulheres em cidades ucranianas invadidas, diz chanceler

Ministro ucraniano Dmytro Kuleba, no entanto, não apresentou argumentos para a denúncia

block/article/social-network
block/article/content__sidebar
Soldados russos estupram mulheres em cidades ucranianas invadidas, diz chanceler
Centro de Kharkiv, segunda maior cidade da Ucrânia, depois de um ataque | Reprodução/Twitter

O ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Dmytro Kuleba, acusou soldados russos de estuprarem mulheres em cidades ucranianas invadidas. A declaração foi feita em um evento na Chatham House em Londres nesta sexta-feira (4).

O representante do governo, no entanto, não deu nenhuma evidência para sua alegação.

“Quando bombas caem sobre nossas cidades, quando soldados estupram mulheres em cidades ocupadas e, infelizmente, temos muitos casos de soldados russos estuprando mulheres em cidades ucranianas, é claro que é difícil falar sobre a eficácia do direito internacional”, disse.

Kuleba pediu, ainda, a criação de um tribunal criminal especial para julgar o “crime de agressão” cometido pelo presidente da Rússia, Vladimir Putin.

“É a única ferramenta que temos para garantir que, no final, todos os que tornaram essa guerra possível sejam levados à justiça e que a Federação Russa, como país que cometeu um ato de agressão, também seja responsabilizada”, acrescentou.

>>> SIGA O SCC10 NO TWITTERINSTAGRAM E FACEBOOK.

Entre no grupo do SCC10 e receba as principais notícias da sua região pelo WhatsApp

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp

block/article/query-columnist
publicidade
publicidade
block/article/social-network
block/general/block-plus-news

Veja mais