Cotidiano Compartilhar
alô formiguinhas

Empresa oferece R$400 mil para trabalhar como ‘provador de doces’

A Candy Funhouse, uma empresa de confeitaria canadense, está contatando um profissional para comer doces

Por

• Atualizado

Imagem Ilustrativa | Pixabay
Imagem Ilustrativa | Pixabay

Qual chocólatro nunca sonhou em ganhar dinheiro comendo doces? Parece uma ideia de outro mundo, mas no Canadá e nos Estados Unidos já é uma realidade.

A Candy Funhouse, uma empresa de confeitaria canadense, está contratando um profissional para comer doces em tempo parcial ou total. A loja, que possuí mais de 3500 produtos cheios de açúcar em seu inventário, oferece 100 mil dólares canadenses anuais ao empregado, o que no Brasil equivale a mais de 400 mil reais.

A vaga consiste em provar guloseimas e decidir se devem ou não ser premiadas com o certificado da loja “Selo de Aprovação CCO (Chief Candy Officer) oficial”. Além de escolher novos produtos, liderar reuniões do conselho de doces e testar sabores.

O trabalho poderá ser realizado de forma remota, ou presencial para residentes do Canadá ou Estados Unidos que desejem trabalhar em Toronto ou Nowark. A posição não é limitada pela idade, estando apto qualquer pessoa com mais de 5 anos que resida na América do Norte.

“Acreditamos que o doce é universal e que a doçura de saborear um doce especial nos une. Não importa de onde você seja, doces são uma linguagem de DIVERSÃO que todos nós falamos e podemos nos identificar – e nós adoramos fazer nossos clientes sorrirem!”, diz a vaga no Linkedin.

Não é necessário experiência anterior e o escolhido para ocupar o cargo terá treinamento prévio de paladar. A empresa alerta que a vaga é sobre mais que diversão, “É um negócio sério de doces”.

Como requisitos, é exigido que o candidato tenha entusiasmo, vontade de experimentar muitos doces, criatividade, “papilas gustativas de ouro”, que seja comunicativo, não tenha alergias alimentares e saiba como se divertir.

E ai, se candidataria para uma vaga como esta ou é muito açúcar envolvido?

***Estagiária com supervisão de Beatriz Melo

>>> PARA MAIS NOTÍCIAS, SIGA O SCC10 NO TWITTERINSTAGRAM E FACEBOOK.

publicidade
publicidade

Veja mais