Direto Ao Voto Compartilhar
Direto ao Voto

Urna eletrônica é confiável? Entenda a segurança da urna eletrônica

Justiça Eleitoral utiliza mecanismos de segurança contra fraudes

Por

• Atualizado

Reprodução/redes sociais
Reprodução/redes sociais

Em todos os anos de eleições no Brasil, além dos acalorados debates entre os candidatos e suas propostas, sempre surge uma pergunta: a urna eletrônica é realmente segura? Essa questão mexe com o imaginário das pessoas e acende discussões nas redes sociais. Supostas fraudes e teorias conspiratórias surgem nessa época.

A Justiça Eleitoral utiliza mecanismos que já foram postos à prova durante os Testes Públicos de Segurança realizados em 2009 e 2012, nos quais nenhuma tentativa de adulteração dos sistemas ou dos resultados da votação obteve êxito. Além disso, há diversos mecanismos de auditoria e verificação dos resultados que podem ser efetuados por candidatos e coligações, pelo Ministério Público (MP), pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e pelo próprio eleitor.

Confira a reportagem:

>>> PARA MAIS NOTÍCIAS, SIGA O SCC10 NO TWITTERINSTAGRAM E FACEBOOK

publicidade
publicidade

Veja mais