Cotidiano
templates/template-single-article-texto
block/article/header
Cotidiano Compartilhar
economia

Bolsonaro critica Petrobras e diz que empresa está “obesa”

Declarações se referem ao lucro líquido de R$ 44,56 bilhões obtido no primeiro trimestre do ano

block/article/social-network
block/article/content__sidebar
Bolsonaro critica Petrobras e diz que empresa está “obesa”
Foto: Marcello Casal | Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (PL) criticou a margem de lucro da Petrobras e afirmou que a petroleira está “gordíssima, obesa”. Na última semana, a companhia divulgou lucro líquido de R$ 44,56 bilhões no primeiro trimestre do ano, em contraponto ao aumento do óleo diesel em quase 9%. A declaração foi dada a jornalistas na quarta-feira (11), após discurso na 48ª edição da Expoingá, no Maringá (PR).

“A Petrobras está gordíssima, está obesa! Poderia sim, o seu conselho e diretores reduzir a margem de lucro. A margem de lucro deles é na casa de 30%, já as outras petroleiras estão no máximo em 15%”, afirmou Bolsonaro.

“Petrobras você é Brasil! Ou quem tá aí dentro não pensa no seu país? O povo está sofrendo bastante com o preço do combustível”. 

O mandatário também insinuou que os reajustes são feitos para afetar a sua imagem. “Não adianta querer atingir o presidente, quem paga a conta é todo o Brasil”. Por fim, disse que “lamenta o que está acontecendo”. 

O descontentamento com a alta do combustível e o desgaste causado levaram o presidente a demitir o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e a substitui-lo por um discípulo de Paulo Guedes (Economia), Adolfo Sachsida. A troca foi publicada no Diário Oficial de ontem.

>>> Para mais notícias, siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

block/article/query-columnist
publicidade
publicidade
block/article/social-network
block/general/block-plus-news

Veja mais