Cotidiano
templates/template-single-article-texto
block/article/header
Cotidiano Compartilhar
Compostagem

Moradores se unem para cuidar de horta comunitária

Projeto garante produtos mais saudáveis para a população

block/article/social-network
block/article/content__sidebar
Moradores se unem para cuidar de horta comunitária
Dez pessoas auxiliam na produção do adubo e também na colheita dos produtos. Foto: Freepik

O projeto de agroecologia que ocorre no bairro Campeche, conta com a colaboração da comunidade para tudo funcione bem. Os resíduos orgânicos são despejados na composteira comunitária e servem para adubar a horta, que também pertence a comunidade.

Na horta comunitária do Campeche, 10 pessoas auxiliam na produção do adubo e também na colheita dos produtos. A comunidade é abastecida com couve, beterraba, alface e rúcula, que também são distribuídas para comunidades carentes em Florianópolis.

Além do pátio do Campeche, o projeto de ampliação e fortalecimento da valorização de resíduos orgânicos, opera em outros sete espaços da cidade. Um desses espaços é a Comcap, onde cinco toneladas de lixo orgânico se transforma em adubo. Esse número representa menos de 1% do lixo produzido pela Capital.

Nos aterros, 50% dos resíduos despejados são de origem orgânica, o que gera preocupação e até mesmo iniciativas para que seja feito uma reeducação no descarte do lixo. O estudante Gabriel Lucas Francisco, da UFSC que realiza estágio no local, explica os benefícios dessa ação. “ A retirada dessa fração de resíduos, representa uma diminuição na emissão de gases de efeito estufa, contaminação do lençol freático, além de gerar renda para as pessoas,” explica Gabriel.

Entre no grupo do SCC10 e receba as principais notícias da sua região pelo WhatsApp

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp

block/article/tags
block/article/query-columnist
publicidade
publicidade
block/article/social-network
block/general/block-plus-news

Veja mais