Educação Compartilhar
Atenção, estudantes!

Prazo para solicitar reaplicação do Enem 2023 começa nesta segunda-feira

O processo deve ser realizado por meio da Página do Participante, até o dia 17 de novembro, e precisa se enquadrar nas condições elencadas no edital do exame

• Atualizado

SBT News

Por SBT News

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil/Reprodução
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil/Reprodução

Os candidatos faltosos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano poderão solicitar, a partir desta segunda-feira (13), a reaplicação da prova. O processo deve ser realizado por meio da Página do Participante, até o dia 17 de novembro, e precisa se enquadrar nas condições elencadas no edital do exame.

Caso o candidato tenha sido afetado por desastres naturais, por comprometimento da infraestrutura do local ou falta de energia elétrica, será possível pedir a reaplicação do Enem. O mesmo vale para os estudantes que não compareceram porque foram alocadas a uma distância superior a 30 quilômetros da residência informada na inscrição.

Quem faltou por sintomas de alguma das doenças infectocontagiosas listadas no edital, como covid-19, tuberculose, influenza e sarampo, também poderá entrar com o pedido. Neste caso, a solicitação de reaplicação deve ser acompanhada por documentos comprobatórios, que serão analisados individualmente pelos aplicadores.

Aqueles que perderam a prova por motivos que não se enquadram no edital não têm direito à reaplicação. Caso o estudante tenha comparecido a apenas um dia, será considerado ausente no outro e terá as notas divulgadas no boletim de desempenho individual. As pontuações, no entanto, servirão apenas para autoavaliação de conhecimento.

O Enem 2023 foi aplicado nos dois primeiros domingos de novembro (5 e 12), abrangendo, como de costume, provas de linguagens, ciências humanas e redação no primeiro dia e de matemática e ciências da natureza, no segundo. A ordem das questões será a mesma no dia da reaplicação, marcada para 12 e 13 de dezembro.

Para que serve o Enem?

O Enem é responsável por avaliar o desempenho escolar dos alunos ao término da educação básica. A nota do exame é a principal porta de entrada para o ensino superior, permitindo que os candidatos concorram por vagas em universidades públicas e privadas por meio de programas do governo federal, como Prouni, Fies e Sisu.

Os resultados, previstos para serem divulgados no dia 16 de janeiro de 2024, ainda podem ser aproveitados nos processos seletivos de instituições portuguesas que possuem convênio com o Inep. Ao todo, 51 instituições, incluindo universidades, institutos politécnicos e escolas superiores, aceitam as notas do Enem nos processos de admissão.

Ao todo, 3,9 milhões de estudantes foram inscritos no Enem 2023, número 13,1% superior em relação ao ano passado, quando as inscrições somaram 3,4 milhões. Entre os candidatos, 620.250 (15,8%) são estudantes do 1º ou 2º ano, que vão fizeram o Enem com o objetivo de testar conhecimentos, enquanto 1,8 milhão (48,2%) já concluíram o ensino médio.

>> Para mais notícias, siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

Quer receber notícias no seu whatsapp?

EU QUERO

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Receba NOTÍCIAS
Posso Ajudar? ×