Cotidiano
templates/template-single-article-texto
block/article/header
Cotidiano Compartilhar
escavações arqueológicas

Centro arqueológico da Unoesc reúne história da Serra e Meio-Oeste catarinense

Espaço conta com laboratório de pesquisa e uma reserva técnica com peças encontradas durante as escavações arqueológicas 

block/article/social-network
block/article/content__sidebar
Centro arqueológico da Unoesc reúne história da Serra e Meio-Oeste catarinense
Foto: Felipe Bastos | SCC SBT

A partir desta sexta-feira (06), a Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc) conta oficialmente com um espaço voltado à preservação de parte da história da Serra e do Meio-Oeste catarinense. A inauguração do Centro Arqueológico, localizado no campus 1 da Universidade ocorreu na tarde desta sexta e contou com a participação de representantes da Universidade e da CTG Brasil, além de convidados.

Construído em parceria com a CTG Brasil, uma das líderes em geração de energia limpa no País e responsável pela operação da Usina Hidrelétrica Garibaldi desde 2015, o Centro Arqueológico conta com um acervo de mais de 11 mil peças que refletem o modo de vida de grupos indígenas que habitaram a região há milhares de anos.

Com 570 m², o espaço também conta com laboratório de pesquisa, sala de extroversão, sala de aula multimídia e uma reserva técnica com peças encontradas durante as escavações arqueológicas em toda a região de implantação da Usina Garibaldi, incluindo subestações e enchimento do seu reservatório, além de outros estudos que já vêm sendo endossados pela Instituição. 

Confira:

  • Centro arqueológico da Unoesc reúne história da Serra e Meio-Oeste catarinense
  • Centro arqueológico da Unoesc reúne história da Serra e Meio-Oeste catarinense
  • Centro arqueológico da Unoesc reúne história da Serra e Meio-Oeste catarinense
  • Centro arqueológico da Unoesc reúne história da Serra e Meio-Oeste catarinense
  • Centro arqueológico da Unoesc reúne história da Serra e Meio-Oeste catarinense
  • Centro arqueológico da Unoesc reúne história da Serra e Meio-Oeste catarinense
  • Centro arqueológico da Unoesc reúne história da Serra e Meio-Oeste catarinense
  • Centro arqueológico da Unoesc reúne história da Serra e Meio-Oeste catarinense
  • Centro arqueológico da Unoesc reúne história da Serra e Meio-Oeste catarinense

O investimento para a construção do Centro Arqueológico foi de R$ 1,3 milhão, feito pela CTG Brasil. No caso da coleção da Usina Garibaldi, essa obrigação foi reforçada com uma medida compensatória, por meio de um termo de ajustamento de conduta, assinado pela antiga concessionária da Usina com o Ministério Público Estadual. “O Centro tem uma grande relevância e a ideia é ir além. A parceira é muito importante e temos expectativa que ela irá gerar outros frutos”, afirma Ronan Max Prochnow, coordenador de meio ambiente CTG Brasil.

“O Centro Arqueológico será uma ferramenta de articulação de ensino, pesquisa e extensão para vários cursos da Unoesc, público externo da Instituição e para toda a comunidade escolar da região, uma vez que estará aberto para visitação de toda a sociedade”, diz a Universidade.

Com base nas propostas do Museu e Laboratório de Arqueologia, serão desenvolvidas ações de conscientização ambiental e patrimonial com escolas e comunidade da região, contribuindo assim, inclusive, para o programa de educação ambiental da própria Usina. Serão trabalhadas atividades pedagógicas abordando temáticas transversais como: patrimônio cultural, cultura, memória e meio ambiente.

“Além disso, os estudos de disciplinas, como Biologia, Ciências Naturais, História e Geografia, podem servir como bases para estratégias voltadas à Educação Ambiental e Patrimonial, uma vez que os conceitos pedagógicos ligados a esses temas podem ser trabalhados de forma interdisciplinar no Museu e Laboratório de Arqueologia”, exemplifica a Unoesc. O espaço também se transforma em um centro de referência no assunto na região e estará credenciado para receber coleções arqueológicas de outros empreendimentos, servindo de plataforma para a realização de estudos e pesquisas na área do patrimônio arqueológico, histórico e cultural, tendo condições de colaborar e contribuir com outras instituições de pesquisa, nacionais e internacionais.

Com informações de Felipe Bastos

>> SIGA O SCC10 NO TWITTERINSTAGRAM E FACEBOOK.

Entre no grupo do SCC10 e receba as principais notícias da sua região pelo WhatsApp

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp

block/article/query-columnist
publicidade
publicidade
block/article/social-network
block/general/block-plus-news

Veja mais