Coronavírus
templates/template-single-article-texto
block/article/header
Coronavírus Compartilhar
Prevenção à ao coronavírus

MPT ajuíza ação contra JBS por omissão de medidas de prevenção à Covid-19 em Itapiranga

Procuradores pedem que Justiça do Trabalho determine a testagem de todos os empregados e trabalhadores terceirizados das unidades para identificar casos de coronavírus

block/article/social-network
block/article/content__sidebar
MPT ajuíza ação contra JBS por omissão de medidas de prevenção à Covid-19 em Itapiranga
Foto: JBS

A Procuradoria do Trabalho no Município de Chapecó (SC) e o Projeto Nacional de Frigoríficos do MPT ajuizaram Ação Civil Pública contra as unidades de aves e suínos do frigorífico Seara Alimentos, em Itapiranga (SC), em razão da omissão da empresa em adotar medidas adequadas de prevenção à Covid-19. Trata-se da 18ª ação civil pública ajuizada pelo MPT contra o Grupo JBS no país.

Ao longo da investigação, o MPT-SC constatou grave omissão da empresa em custear testagens para identificação da Covid-19 como estratégia de bloqueio de transmissão da doença, forma de monitoramento do perfil epidemiológico dos trabalhadores, de controle dos casos de contaminação na empresa e de proteção à saúde dos seus empregados, sendo que todos os exames foram realizados exclusivamente pelo SUS.

Também foi comprovado o não afastamento de que empregados com sintomas compatíveis com Covid-19; o retorno antecipado de trabalhadores sintomáticos sem realização de qualquer teste; demora ou ausência do afastamento de empregados de grupos de risco, inclusive indígenas e portadores de comorbidades; omissão em proceder a vacinação de empregados para H1N1, nas admissões realizadas após o mês de abril/20; a ausência de distanciamento mínimo, nos setores produtivos; não fornecimento de máscaras adequadas para uso durante o transporte; demora excessiva na substituição das máscaras de proteção respiratória e ausência de periodicidade adequada na troca de máscaras PFF2; inadequação dos sistemas de ventilação/exaustão em ambientes artificialmente frios e que contam com um elevado número de empregados; graves falhas na vigilância ativa; manutenção anotações manuais em planilhas de controle, viabilizando a existência de pontos de contato, dentre outras.

Contraponto

A JBS não irá comentar e reitera que sua prioridade é garantir a proteção dos seus colaboradores, adotando protocolos rígidos para o enfrentamento da Covid-19. A empresa implementou uma série de medidas de controle, prevenção e segurança em todas as suas unidades, que seguem as orientações de médicos infectologistas e instituições de referência, como o Hospital Albert Einstein. Entre as medidas adotadas, caso um colaborador tenha resultado de teste positivo para Covid-19 ele é imediatamente afastado das suas atividades até o seu restabelecimento. A empresa também realiza busca ativa e afasta preventivamente todos os suspeitos, além de realizar o monitoramento permanente de todos e a sistemática desinfecção nas suas unidades.” Saiba mais sobre as medidas adotadas pela JBS no link: https://jbs.com.br/medidasdeprotecao”.

Confira mais informações

https://youtu.be/vVuZhIay98s

Entre no grupo do SCC10 e receba as principais notícias da sua região pelo WhatsApp

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp

block/article/tags
block/article/query-columnist
publicidade
publicidade
block/article/social-network
block/general/block-plus-news

Veja mais