Coronavírus
templates/template-single-article-texto
block/article/header
Coronavírus Compartilhar
Covid-19

Anvisa e Butantan analisam uso da Coronavac em crianças de 3 a 5 anos

Agência avalia a aplicação do imunizante para a faixa etária

block/article/social-network
block/article/content__sidebar
Anvisa e Butantan analisam uso da Coronavac em crianças de 3 a 5 anos
Foto: Shutterstock/ Banco de imagens/Reprodução

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e o Instituto Butantan se reuniram na sexta-feira (13) para discutir o uso da vacina Coronavac para crianças de 3 a 5 anos.

O Butantan enviou na última terça-feira (10) os dados e informações cobrados pela Anvisa para a continuidade do processo de solicitação de indicação do imunizante para a faixa etária.

O instituto ainda precisa apresentar os dados atualizados de estudos de efetividade feitos no Chile, que já foram solicitados aos pesquisadores chilenos.

A Anvisa também reiterou a importância de manter a parceria e a troca de informações a respeito dos estudos que estão sendo conduzidos com a Coronavac, especialmente sobre o estudo de efetividade das vacinas aplicadas em crianças no Chile.

>> Siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

Entre no grupo do SCC10 e receba as principais notícias da sua região pelo WhatsApp

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp

block/article/query-columnist
publicidade
publicidade
block/article/social-network
block/general/block-plus-news

Veja mais