Colunistas
templates/template-single-article-texto
block/single-columnist/block-header

Vanessa T. Ragagnin

Bacharel em Design de Moda e pós-graduada em Design Estratégico de Joias.

[email protected]
block/article/header
Colunistas Compartilhar

O que a sua imagem diz sobre você?

A imagem pessoal é o seu cartão de visitas e transmite informações valiosíssimas a seu respeito antes mesmo de você ter a chance de pensar em falar alguma coisa

block/article/social-network
block/article/content__sidebar
O que a sua imagem diz sobre você?
Foto Pinterest

Para responder a essa pergunta precisamos, primeiramente, entender um pouco sobre a história da moda. É por meio dela que identificamos as influências e conseguimos caracterizar, com base nos valores de cada época, a importância que a imagem tem na vida de cada ser humano.

Trazemos aqui duas correntes da história que ressaltam três características principais em relação à necessidade do vestuário:

Antropologia teológica

Pelo olhar da antropologia teológica, tendo a Bíblia como fonte de pesquisa, encontramos em Gênesis 3:7 a seguinte definição: “Abriram-se os olhos, e percebendo que estavam nus, cobriram-se com folhas de figueira e fizeram cintas para si”. Adão e Eva sentiram vergonha e cobriram seus corpos por PUDOR. Esse é um dos motivos pelos quais o homem cobriu seu corpo.

Antropologia cultural

Já pelo olhar da antropologia cultural, temos a PROTEÇÃO e o ADORNO como motivos. O primeiro, para se proteger do frio, da chuva, neve, animais ferozes e insetos. O segundo para que as pessoas pudessem se distinguir umas das outras, o que desencadeou no surgimento das identidades entre os grupos.

Essas 3 razões determinam o porquê um dia o ser humano cobriu seu corpo: por pudor, proteção e adorno.

Percebemos, assim, que a roupa sempre esteve presente no processo histórico da moda como parte do conteúdo não verbal. A imagem é muito mais que um simples vestuário. É uma ferramenta de comunicação com o mundo e de conexão entre as pessoas – os seres humanos foram feitos para se conectar.

A primeira imagem é a que fica?

A imagem pessoal é o seu cartão de visitas e transmite informações valiosíssimas a seu respeito antes mesmo de você ter a chance de pensar em falar alguma coisa. O cuidado com a imagem pessoal é um rito de auto respeito, um gesto de apreço e consideração por você e por quem você vai encontrar. A gentileza com o outro se traduz na forma como nos apresentamos.

Pensando nisso, será que sua imagem está alinhada com a sua essência e com o que você gostaria de dizer ao mundo?

O sociolinguista Albert Mehebrian fez um estudo sobre os fatores que mais influenciam na impressão pessoal, que revela:

  • 55% – como você se apresenta (roupas, cabelos, pele, cor e linguagem corporal);
  • 38% – como você fala (tom da voz, entonação, qualidade vocal, linguagem, vocabulário e sotaque);
  • 7% – o que você diz (conteúdo).

Segundo esse estudo, é a primeira impressão que as pessoas têm sobre nós que irá determinar o que elas pensam da nossa pessoa. É nesse momento que elas decidem se aproximar ou não. Isso pode influenciar, e muito, não somente no nosso dia a dia, mas em nossa vida.

Qual a imagem que passamos?

No momento em que estamos escolhendo o que vestir, devemos pensar no que gostaríamos de transmitir, ou seja, como gostaríamos que as pessoas nos vissem? Afinal, não sabemos o que nos espera e nem quais as pessoas que podemos encontrar nos ambientes de trabalho, de estudo ou até mesmo de lazer. Em apenas alguns minutos podemos passar uma ótima impressão ou não.

Devemos ter em mente que não importa o lugar ou o compromisso que teremos, é necessário que estejamos sempre bem arrumados e com a aparência bem cuidada. Isso não quer dizer que é necessário fazer uma mega produção beirando a exageros com acessórios chamativos e maquiagem pesada, mas sim, estar vestida (o) com coerência e uma dose de elegância dentro do seu estilo pessoal. Então lembre–se: menos é mais!

Como as Duas Catarinas sempre falam: “para manter um equilíbrio precisamos unir os três pilares (imagem/comportamento/conteúdo). Não adianta você estar com a imagem adequada e não ter conteúdo ou um bom comportamento e vice-versa”.  

Lembre-se: você é a sua melhor marca!

Entre no grupo do SCC10 e receba as principais notícias da sua região pelo WhatsApp

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp

block/article/tags
block/article/query-columnist
publicidade
publicidade
block/article/social-network
block/general/block-plus-news

Veja mais