×
×

Escolha sua região:

Domingo, 24 de outubro de 2021. Santa Catarina Mude de região ▼
MENU
O portal da notícia
em Santa Catarina.
BUSCAR
Educação
MENU
BUSCAR
Educação
publicidade
block/single-columnist/block-title

Fernando Machado

Jornalista desde 2008, é apresentador do SBT Meio-dia, repórter de rádio e produtor de conteúdo para site e mídia sociais.

[email protected]
block/article/header
Educação Compartilhar

Fernando Machado

Alunos da rede estadual receberão até R$ 6 mil a cada ano de estudo completado

O objetivo é estimular a frequência escolar dos estudantes em vulnerabilidade social e auxiliar aqueles que têm interesse em investir em equipamentos de tecnologia

block/article/social-network
block/article/content__sidebar
Alunos da rede estadual receberão até R$ 6 mil a cada ano de estudo completado
Foto: Cristiano Estrela / Secom

Alunos que estão cursando o Ensino Médio em escolas da rede estadual de Santa Catarina vão receber um auxílio financeiro como incentivo ao comparecimento nas aulas. Caso aprovado, o Programa Bolsa Estudante, divulgado com exclusividade pelo governador Carlos Moisés, no SCC Meio-Dia desta segunda-feira (20), deve conceder um auxílio anual de R$ 6.250 (seis mil, duzentos e cinquenta reais) para até 60 mil estudantes da rede estadual de Santa Catarina. 

Segundo o governador, o projeto será encaminhado para a Assembleia Legislativa de Santa Catarina, com várias ideias possíveis para a proposta, entre elas estão o pagamento de cerca de R$568 reais durante 11 meses. Segundo o governador, a proposta deve alcançar cerca de 60 mil alunos. Poderão ser contemplados os estudantes cujas famílias tenham renda total igual ou inferior a quatro salários mínimos, ou até meio salário mínimo por integrante.

A inscrição e seleção dos alunos para o programa Bolsa Estudante será feita por editais públicos lançados pela SED anualmente. Os editais também vão detalhar outros critérios relacionados à frequência escolar dos estudantes que precisam ser cumpridos. Os pagamentos serão realizados por meio de depósitos bancários na conta do aluno ou seu responsável legal.

Entrevista Carlos Moisés no SCC Meio-Dia
Foto: Ana Paula Bittencourt/SCC10

De acordo com o Governo, o objetivo da medida é estimular a frequência escolar dos estudantes em vulnerabilidade social e também auxiliar aqueles que têm interesse em investir em equipamentos de tecnologia, atividades culturais, esportivas e de lazer.

Os índices de evasão e abandono escolar têm aumentado em Santa Catarina, principalmente na faixa etária correspondente aos alunos do ensino médio. Segundo o Governo do Estado, desde março de 2020, quando a pandemia do novo coronavírus começou, esses números alcançaram uma média de 4% em relação ao número de matrículas realizadas no início do ano letivo.

Os motivos para a implantação do Programa são diversos, como vulnerabilidade social, necessidade de inserção no mercado do trabalho para auxiliar na subsistência familiar, distorção entre idade e série e ainda o fluxo migratório dos estudantes.

Confira a entrevista na íntegra:


>> Para mais notícias, siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

query/article/query-columnist
publicidade
publicidade
block/article/social-network
block/general/block-plus-news